Imprimir
Categoria: Sobre nós

BOLSAS SOCIAIS EPIS 2021 - TODOS  JOVENS COM DEFICIÊNCIA QUE VÃO INICIAR ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - CONTINENTE, AÇORES E MADEIRA

No passado dia 27 de julho, a EPIS lançou a 11.ª edição das Bolsas Sociais EPIS.

Todos os jovens com deficiência (com mais de 18 anos) se podem candidatar a estas bolsas. São 5 bolsas, de um total de 132 Bolsas Sociais, a serem atribuídas. Em anexo segue o regulamento das Bolsas e um cartaz de divulgação: pedimos o vosso esforço para divulgarem junto das vossas comunidades, escolas, pais e alunos/jovens, estas bolsas de apoio financeiro.

Os jovens com deficiência/limitação que vão iniciar estágios profissionais ou ocupacional podem candidatar-se à categoria 4:

CATEGORIA 4 ● JOVENS ESPECIAIS FUNDAÇÃO AMÉLIA DE MELLO. Apoio a jovens adultos com necessidades especiais para iniciarem novos programas/estágios de inserção profissional ou ocupacional em empresas ou outras instituições.

Atribuídas 5 bolsas a jovens adultos (com idade igual ou superior a 18 anos), com necessidades especiais e carências económicas comprovadas, que estejam em processo de seleção para a frequência de um programa/estágio de inserção profissional ou ocupacional em empresas ou outras instituições e que, preferencialmente, beneficiem do acompanhamento de uma entidade especializada que assegure uma adequada mediação entre as partes.

A bolsa destina-se, preferencialmente, a apoiar custos comprovadamente relacionados com a frequência do programa/estágio: custos com saúde e bem-estar, transporte, equipamento informático, materiais de apoio, entre outros.

A candidatura, processo de seleção e atribuição de bolsas são feitos em nome do jovem, com apoio da empresa/instituição empregadora e da entidade especializada. A bolsa será atribuída nominalmente ao aluno e é intransmissível.

Não serão elegíveis as candidaturas de jovens já em frequência de estágio.

Cada jovem poderá receber uma bolsa de 1.500€ ao longo de 1 ano (duas fases, 750€ por semestre) ou de 750€ ao longo de 2 anos (duas fases, 750€ por ano). A atribuição da tranche para a segunda fase é sujeita a comprovação de frequência e de utilização adequada da bolsa na primeira fase, de acordo com critérios definidos neste regulamento.

Para se candidatarem, devem consultar o regulamento, preencher e submeter o formulário de candidatura:

 https://forms.gle/u9nufZMhAmdXT3qE6

Para mais informações:
Susana Lavajo Lisboa
Diretora Financeira / Associação EPIS
Campus do Lumiar, Edifício E - 1.º andar, 1649-038 Lisboa
(+351) 96 46 00 299