Recolha de testemunhos | Relatório ODDH 2019

Inicio  »  Notícias APD  »

Recolha de testemunhos | Relatório ODDH 2019

Partilha esta notícia

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp
Email

Recolha de testemunhos | Relatório ODDH 2019

O Observatório da Deficiência e Direitos Humanos (ODDH) está a elaborar o relatório “Pessoas com Deficiência em Portugal: Indicadores de Direitos Humanos – 2019”, que será apresentado publicamente no dia 13 de dezembro de 2019, no IV Encontro ODDH, no ISCSP, em Lisboa.

Incidindo em três áreas – educação, formação profissional/emprego e condições de vida/ proteção social/vida independente -, este relatório recorre a dados estatísticos de fontes secundárias, nacionais e internacionais, que possibilitam dar conta dos progressos alcançados no cumprimento dos direitos humanos das pessoas com deficiência e dos desafios que permanecem.

No entanto, além da informação quantitativa importa também incluir no relatório testemunhos que permitam:

(1)  Retratar experiências de vida das pessoas com deficiência, ilustrando aspetos positivos ou negativos que os dados quantitativos já revelam;

(2)  Ou dar visibilidade a outras questões que os dados quantitativos não apreendem, mas que importa mostrar e debater, denunciando assim lacunas ou problemas que permanecem por resolver.

Os testemunhos pretendidos deverão enquadrar-se nos seguintes temas:

  • Educação (ex. apoios técnicos e humanos disponibilizados pelas escolas e pelos CRI; percursos de transição entre ciclos e após escolaridade obrigatória, outros);
  • Formação profissional e emprego (ex. percursos de integração profissional após formação; reintegração profissional após aquisição de deficiência; outros);
  • Condições de vida, proteção social e vida independente (ex. apoios à vida independente; acesso à PSI e outros apoios sociais; cuidadores informais e apoios às famílias de pessoas com deficiência; acesso a produtos de apoio; outros).

A equipa do ODDH irá proceder à seleção dos relatos a incorporar no relatório.

Os testemunhos (máximo 1200 caracteres) devem ser enviados através do formulário online disponível no LINKhttps://forms.gle/uhu8rcSS5HuBApm97  

 

DATA LIMITE DE ENVIO: 26 DE JULHO DE 2019      ***********      (Prazo alargado até 25 de Outubro de 2020)         


Consulte: Divulgação de resultados preliminares

Notícias Relacionadas

Tenho um filho com deficiência. E agora?

A Associação Humanitária de Bombeiros de Torres Vedras realizou, no passado dia 20 de janeiro, um workshop sobre emergências pediátricas, para o qual a APD foi convidada a intervir sobre o tema: «Tenho uma criança com deficiência e agora?»

Skip to content